Loading...

Aos pecadores, a si mesmos, eternamente

João 2:19: “Eles saíram do nosso meio, mas na realidade não eram dos nossos, pois se fossem dos nossos, teriam permanecido conosco; o fato de terem nos abandonado revela que nenhum deles era realmente dos nossos. “

Quando escuto histórias de crentes que cresceram na igreja mas que se desviaram ao pecado e morreram, questiono não o Plano de Salvação, massa experiência de conversão deste “crente”. É possível nascer numa igreja e não ser convertido pelo Espírito Santo. É possível ser apóstolo, como Pedro, por anos, e só ser convertido na morte de Cristo. O impossível é alguém que Deus escolheu para ir pro céu acabar não indo. Glória a Deus.

 

Devemos lembrar que, a condenação eterna nada mais é do que a agonia de sermos escravos de nós mesmos eternamente e não termos a graça de Deus par anos inclinar a Deus, à Santidade, à paz. Uma eternidade e sofrimento contra nossas próprias mágoas, dores, maldades.

Romanos 1:32 – Embora conheçam o justo decreto de Deus, de que as pessoas que praticam tais coisas merecem a morte, não somente continuam a praticá-las, mas também aprovam aqueles que as praticam.

Deixe uma resposta

Mais lidos
%d blogueiros gostam disto: